Jingle “O Povo quer o Liso” é barrado pela Justiça em Timbaúba dos Batistas

0
1246

Marcos Dantas – A coligação Força, União e Esperança entrou na Justiça com uma representação contra o candidato adversário, Deda Nazareno. A alegação é que ele vem utilizando veículo circulando nas vias da cidade promovendo jingle com dizeres capazes de injuriar e caluniar o candidato a prefeito Chilon Batista. O Jingle reclamada pela coligação de Chilon é o que vem sendo usado em muitas cidades do Seridó, principalmente em Jucurutu com os dizeres “O Povo quer o Liso”, e traz possíveis alusões a compras de votos quando compara os adversários a “comprador e barãozinho”.

“Neste sentido, da provocação feita na música de campanha pode decorrer o raciocínio de que o candidato adversário seria o comprador de votos, fato que se enquadra como crime de calúnia, sendo, portanto, hipótese de propaganda não tolerada pela Justiça Eleitoral”, disse o juiz Adriano da Silva Araújo em sua decisão, ao deferir a liminar notificando a coligação de Deda a suspender imediatamente a divulgação do Jingle, com multa de 10 mil reais por descumprimento.

Deixe uma resposta