Quase metade dos brasileiros estão com nome sujo

0
337

nome-sujo-iptu

O mês de março fechou com 60 milhões de brasileiros com o nome sujo, segundo dados divulgados pela Serasa Experian. Ainda de acordo com a pesquisa, essa é a maior marca desde 2012, quando começou a medição. Naquela ocasião, o País tinha 50,2 milhões de pessoas nessa condição.

Mais de 2 milhões de devedores tiveram o CPF negativado nos primeiros três meses de 2016. Somadas, as dívidas em atraso atingem R$ 256 milhões.

Três em cada quatro inadimplentes ganham até dois salários mínimos: R$ 1.760. Desse total, 22 milhões de pessoas com o nome sujo ganham menos de R$ 880 por mês, de acordo com a pesquisa. Para o economista da Serasa Experian Luiz Rabi, os números dos primeiros três meses de 2016 “surpreenderam”.

Blog do Seridó

Deixe uma resposta